Ziraldo: As Melhores Anedotas do Mundo

Image by Ziraldo.  All rights reserved. Todos os Direitos Reservados.

O velho se ajoelha no confessionário e diz para o padre:
- Padre, eu tenho 83 anos e me amiguei aí com uma menina de vinte e poucos anos...
- Sim, irmão, continue - diz o padre
- Não é, seu padre, que a menina é um fogo e eu, com 83 anos, estou dando três trepadas por noite! Três!!
- Pois é, meu irmão, arrependa-se e reze dez ave-marias e cinco padre-nossos.
- Momento, seu padre, eu sou judeu!
- Ah, é judeu? Então, por que é que você está me contando esta história?
- Bom... eu estou contando pra todo mundo!


O camarada vai andando pela rua e encontra um velho amigo, todo triste, todo cabisbaixo.
- Que é isso rapaz, que cara é essa?
- Ah, meu velho, estou arrasado - diz o outro.
- Que foi que houve? Arrasado por quê?
- Imagina você que estou voltando de um safári na África...
- Safari na África??? E alguém que pode fazer um safari na África tem direito de ficar triste, rapaz?
- Mas é que me aconteceu uma coisa chatíssima. Imagina você que eu estava, de manhã, lavando meu rosto na beira do rio, quando apareceu um gorila na minha frente, forte, de braços enormes, me agarrou, me deu aquele abraço poderoso e... me comeu!
- Te comeu??? Puxa... Mas qual, rapaz, liga pra isso não! Ninguém vai saber. Você sabe, gorila não fala.
E o outro, tristíssimo:
- Pois é... não fala, não telefona, não manda notícias...


No meio da moderna África de hoje, um cliente entra num restaurante pra canibais:
- Me vê uma popinha recheada.
- Perdão senhor, mas não temos.
- Então me serve um braço assado?
- Estamos em falta.
- Como estão em falta? Eu vi um homem inteirinho ali na geladeira...
- Ah, sim. É verdade. Mas aquele morreu de Diabete e nós tamos guardando ele pra fazer compota.


Todo dia a bicha passava pela construção. Era o pobre do semicoflauta passar e o servente da obra gritar:
- Bichona! Chibungo! Frangão!
Ah... a boneca ficava uma fera e mandava o troco:
- Paraíba! Saquarema! Morto de fome! Flagelado!
E isto era todo dia, chibungo pra lá, flagelado pra cá.
Aí, chegou o Carnaval. O fresquinho mandou fazer uma fantasia linda de baiana, toda rendada. Pintou-se, penteou-se, enfeitou-se e desceu para ir para a festa. Virou a esquina e foi passando em frente à obra. Lá estava o servente da obra. No que ele viu a baiana rebolando do outro lado, reconheceu logo quem era e abriu a boca pra gozar o pobre, percebeu que até que ela estava bonitinha. Aí encheu os peitos e gritou:
- Boneca!!!
Ah... ela não aguentou de emoção. Virou-se pra obra, abriu os braços e gritou, morrendo de felicidade:
- Arquiteto!!!


O jovem pai chegou ao pediatra, bastante aflito, com uma criança no colo:
- Doutor, meu filho está com seis meses e não abre os olhos!
O médico examinou bem, virou-se pro rapaz, e falou:
- Quem deve abrir os olhos é o senhor, meu amigo. Isso aí é filho de japonês.


Lá no fundo do sertão, o casalzinho namorava sentadinho no banco, na porta da cafua. No céu, uma lua linda, os dois, sem assunto, sentados ali, um ao lado do outro, caladinhos. De repente, o Zé vira pra Maria e fala:
- No que que ocê está pensando, Maria?
- No mesmo que ocê, Zé.
E o Zé, com um sorriso maroto:
- Ocê é indecente, hem!


Tá lá o velho morrendo. De repente, ele chama o filho e diz:
- Meu filho, tou sentindo um cheiro de pão de queijo.
- Mas é pão de queijo mesmo pai. (Essa se passa em Minas Gerais, é bom explicar.)
- É sua mãe que tá fazendo, filho?
- É, pai.
- Ah, meu filho, ninguém faz um pão de queijo melhor no mundo. Que cheirinho bom, meu Deus. Que saudade me dá, meu Deus. Vai lá na cozinha, meu filho, vai. Vai lá e traz uns pãodequeijim pra mim.
- Vou, meu pai.
Uns minutos depois, e o rapazinho volta sem pão de queijo.
- Cadê, meu filho?
- Mamãe não quis dar.
- Por quê?
- Diz ela que são pro velório.


Clique no foguete maluquinho para mudar a página!


Image by Ziraldo.  All rights reserved. Todos os direitos reservados. Image by Ziraldo.  All rights reserved.  Todos os direitos reservados. Image by Ziraldo.  All rights reserved.  Todos os direitos reservados. Image by Zirado.  All rights reserved.  Todos os direitos reservados Foto do Ziraldo.

Livros & Obras

Sala de Leitura

  Menino Maluquinho

Papo Furado

Biografia


http://www.ziraldo.com/leitura/piadas1.htm
Copyrights © 97-04 Ziraldo Alves Pinto
Web concept &  design www.ipanema.com
All rights reserved. Todos direitos reservados